domingo, 21 de outubro de 2018

O dia que virei piada para família de uma paixonite

Lembrei desta história aqui agora e além da tristeza forte que bateu, eu vi que nunca falei dela aqui no blog. Então segue depois da pica chamativa.




Durante um período da minha patética existência eu tive o que eu achava ser "um bom relacionamento" com as pessoas, tendo "amigos" e "amigas".  As mulheres que me conheceram neste período (parte no período escolar, parte fora dele) gostavam ou fingiam gostar da minha amizade. Eu sempre fui um cara confiável, sincero, acolhedor e até bem humorado, brincalhão e fazia muitas delas rirem. Ou seja, se fosse gay seria a perfeita companhia para elas, mas como não sou, sou o perfeito bote salva vidas. O amigo confidente para deixar na friendzone, para dar conselhos masculinos, para fazer inveja nos machos de verdade e para "quem sabe um dia, se toda espécie de homens gostosos acabarem e eu estiver louca da droga e carente..."

Uma dessas "amigas" era uma loirinha muito gente fina. Eu não gostava exatamente dela na época e nunca falei nada de namoro e etc., mas como todo bom amigo microondas (esquenta para os outros comerem) eu estava ali, se precisasse de um pau amigo, de um beijo, de qualquer coisa, era só estalar os dedos. Uma coisa que eu fazia muito, principalmente bêbado, são aquelas piadinhas "vai que cola". E era foda porque de certa forma parecia mesmo uma amizade gay ou um pau amigo. A gente se abraçava, fazíamos todas essas merdas de friendzone e eu como bom trouxa tinha esperança de rolar alguma coisa e ás vezes só aproveitava para tirar uma casquinha como um virjão tarado imundo. Tinha umas que me davam estalinho, mas não essa. kkkkk que patético!




Eu não lembro bem quando, se antes ou depois do fato motivo deste post, mas até cheguei a roubar um beijo "semilingual" dela. Ela estava ficando com um amigo meu na época, mas o cara tinha feito umas merdas e eu e ela estávamos meio bêbados e eu dei uma avançada. No primeiro momento ela meio que deixou e logo saiu fora e foi embora. Não tocamos mais no assunto, mas uma vez uma amiga dela disse pra mim que ela havia contado que ficamos, mas que ela não se lembrava direito.

Um fato esclarecedor e importante para dizer como está a loirinha hoje: ela saía com a minha turminha de pseudo-amigos, mas nem sempre. Era daquelas minas que aparentemente são mais certinhas ou menos vadia. Raramente bebia e com o tempo foi se afastando justamente porque achava que éramos porra loucas de mais.

Bem, talvez tenha sido numa dessas reflexões idiotas onde eu pensei que ela fosse diferente e como nos dávamos bem, talvez pudesse ter alguma coisa. Ou talvez eu só estivesse sendo um lambe saltos, um mangina, um filho de uma puta carente de atenção. Não sei. O que sei é que era aniversário dela e ela tinha uma viagem ou algo assim. Ia ficar longe um tempo, sei lá. Naquele tempo os SMS's eram a comunicação móvel mais eficaz e um SMS bem mandado poderia ter efeitos avassaladores em uma carne mijada (assim eu e milhares de puazeiros iludidos pensávamos). Foi quando eu bolei um texto fodido de maneiro ou patético. Eu nem lembro o que escrevi, mas eu sei que foi algo interessante.




O meu erro? Além de ser um iludido do caralho, foi ter mandado mensagem de um número que ela não tinha. Ela respondeu algo como "obrigada fofo!" ou sei lá, aí enviei outra mensagem que fez ela vibrar ou molhar a calcinha e logo depois meu telefone tocou. Era o número da mãe dela. É eu conhecia até a porra da mãe dela e tinha o número e tudo, eu sei, patético!

Quando eu atendi a mãe dela estranhou a voz e perguntou se não era o outro carinha que estava falando. Eu falei: "não, sua puta velha mãe da fulana, sou eu o Lixo". Ela deu uma risada e soltou aquele ahhh com meu nome, meio debochado e tal e para a filha dela saber. Só sei que escutei no fundo várias gargalhadas e um "ahhh não véiii, pqp" da loirinha. Aquilo doeu. Doeu na alma.

A loirinha pegou o telefone rapidamente e falou "pow lixo, assina da próxima vez que for mandar mensagem de outro número né!?" eu soltei um ué e um tá bom sem graça e desligamos. Caras, estou com os olhos cheio de lágrimas neste exato momento. Foi um dos momentos mais ridículos e humilhantes que eu já passei por causa de uma mulher. Aos poucos a ficha foi caindo e depois eu fui saber que ela pensou que era um carinha do colégio dela que ela estava meio de namorico e tudo e que mãe, irmã e outras vadiazinhas estavam todas vibrando com a mensagem e depois riram muito ao descobrir que um feioso ridículo era o autor daqueles belos versos.


Que fim levou?

A putinha chegou a namorar com o tal carinha e levou vários chifres e terminou. Nos distanciamos e hoje ela é uma maconheirazinha esquerdista do cabelo rosa, namora um maconheiro que conheceu na faculdade e fez ele largar uma namorada de anos por causa dela (e a ex do cara é outra maconheira, mas deliciosa também. Que vida justa não?). Ou seja, a loirinha que nem gostava de beber e achava que era superior e mais cabeça virou uma drogada. 

Eu fui me tornando isso que vocês conhecem, um Ser Lixo, rancoroso, que não confia em ninguém, sem amigos, não sai, mas que também não se humilha e não é motivo de chacota facilmente.


Moral da história

Não seja eu.
_______________


Pretendo fazer um post final sobre política e as eleições sexta ou sábado.

E você. Já teve histórias humilhantes como essa? Conta aí, seu lixo!

Abraço do Lixo!

Comente com Facebook ou pelo Blogger:

18 comentários:

  1. Já passei por coisas parecidas. Porém, meu problema maior era sentir ciúmes.
    Era rídiculo, pois eu sentia ciúmes e nem namorava/ficava com as meninas, no fim acabava eu fazendo merda e nos distanciávamos.

    Aprendi que é necessário de inicio deixar bem claro o que nós queremos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sentir ciúmes sem nem ficar com as minas, velhooo isso era muito eu, incrível como um coração fodido muda a gente.

      Excluir
  2. Olá,

    Há alguns tempos atrás comentei em seu blog. Sou o anônimo pobre, feio, homossexual e que provavelmente tem asperger e TOC.

    Não mudou muita coisa, a depressão ainda tem muita força sobre meus pensamentos, estou platonicamente atraído por um homem mais velho (que rídiculo, eu deveria estar apaixonado por alguma garota bonita da minha idade), uma clara sequela do abandono paterno e um castigo, devo ter sido um super criminoso em outras vidas. Não reclamem tanto por ser hétero ou por causa das mulheres. Vocês não imaginam o inferno que é ser um homem que não sente atração por mulheres.

    Pelo menos estou ficando mais velho e daqui uns anos posso usar a justificativa de ir para a Universidade para sair dessa maldita cidade e talvez até estado, queria morar lá no Sul, mudar completamente minha vida. Eu quero ser um juiz ou diplomata. Ou um engenheiro aeroespacial / executivo musical.

    É duro sofrer estilhaços de todos os lados. De um lado, não simpatizo com a esquerda (mesmo sendo uma minoria), do outro, mesmo falando que não sou a favor de escandilice ou outra coisa, alguns ainda vem e acham que eu me comporto como a Pabllo Vittar. Poxa, eu só queria poder viver minha vida e ser um homem normal, eu queria gostar de futebol, saber tudo sobre carros, mulheres, bebidas como um hétero normal. Mas não. Meu "grande" pai teve a bela ideia de abandonar seu único filho homem são. O resultado é esse ser depressivo que vos fala.

    Hoje eu não tenho mais tantas divergências com minha mãe, - mesmo ela ainda duvidando da minha capacidade quase toda hora. Ela é uma pessoa que assim como eu, só sofreu a vida inteira, com o pai na infância, com meu pai, e com meu irmão doente também, merece um dia viver no conforto.

    Por enquato, eu estou aqui, hibernando em pleno deserto e tentando me preparar para um dia em que eu possa pelo menos ir a um lugar legal, um show, um cinema, um teatro. Ter minha própria casa, meu carro, viajar, não ter mais que suportar essa vida de isolamento, depressão, de todo domingo escutar essa vinheta do Faustão (que eu não suporto), sinal que semana a semana nada muda para mim, pois Domingo é bom para todo mundo pois todo mundo sai para beber, se divertir e outras coisas e eu em casa.

    Um dia eu só queria ser rico, bonito, visto como exemplo. Meu maior defeito é essa maldita homossexualidade, hoje eu tento me passar como hétero na escola, mas, eu tenho vergonha delas, por que, na verdade, eu somente a acho bonitas visualmente, não sinto atração. Eu queria viver como um homem hétero normal, na infância jogar futebol, aprender a andar de bicicleta, crescer, paquerar, namorar no carro do pai, aprender a andar de moto, carro, crescem, vão a festas, bebem, riem, vivem, viram homens, arranjam uma namorada fixa, se casam e tem filhos. Vocês reclamam mas pelo menos tiveram essas experiências de um homem de verdade. E eu nunca vou ter essas experiências, nunca vou ter histórias legais para contar. Queria muito ser pai, ter filhos, mas, como homossexual, isso jamais vai acontecer como eu quero.

    Vivam felizes suas vidas, não reclamem tanto, pois sempre tem alguém pior que você. Eu todo o dia tenho que arranjar uma desculpa para não tirar minha vida.

    Em um certo domingo daqui há dez anos eu queria estar viajando, passeando na Times Square ou chegar cansado em casa depois de um programa com amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste o quanto os pais podem foder com uma pessoa. Eu sempre digo isso e muitas pessoas não acreditam. Seu comentário é triste, mas bastante esclarecedor para vários lixos e até mesmo para calar a boca de esquerdistas que acham que todo gay é lacrador que nasceu fazendo passinhos da Beyoncé.

      Cara, não sei o quanto sua mente está fodida e qual o grau da sua orientação sexual. Eu só sei que não acredito que um homem nasça gostando de outro homem, então sou a favor sim de buscar auxílio psicológico. E não por achar ser uma doença, mas por que nossa mente, sentimentos, desejos, tudo é um quebra cabeça e mistérios e podem nos ferrar e enganar. Não sei como psicólogos e psiquiatras lidam com isso, já que o politicamente correto impede os profissionais de ajudar até mesmo quem busca ajuda, mas tente alguma orientação cara. Nem sei se já falei isso no seu outro comentário, mas está aí.

      Quanto a ser homem. Aí é que está. A maioria que frequenta o blog e eu não somos homens de verdade. Não estamos vivendo praticamente nada do que você falou, porque somos homens betas. Grande parte, e pelo menos posso falar por mim neste caso, também não tivemos um pai muito presente e que ensinasse as coisas.

      Sinceramente, pelo menos no campo sexual eu pensava que se fosse gay seria melhor. Eu cansei de receber curtidas em Badoo e Tinder de gays, travecos e etc. nas vezes que busquei uma champola nesses apps. Tenho certeza que aventuras sexuais não vão te faltar. Agora, admito que homossexuais possam sofrer insultos, e outras merdas diárias, ainda mais sendo jovem na escola. Mas melhorou muito e o mundo está muito mais compreensível e até chato com isso. Acho que depende muito das pessoas que cruzam nossos caminhos e como nos portamos também. Tive conhecidos gays e sempre os respeitei e vi que eram respeitados e viviam felizes, mas a depressão não faz distinção de sexo, cor, raça... Então, estamos no mesmo barco.

      Para alguns a vida vai ser sempre uma agonia.

      Excluir
  3. Devo ter a sua idade e nunca me relacionei com uma mulher.

    ResponderExcluir
  4. Fala ser lixo....
    Me identifiquei muito com esse seu final:

    "Eu fui me tornando isso que vocês conhecem, um Ser Lixo, rancoroso, que não confia em ninguém, sem amigos, não sai, mas que também não se humilha e não é motivo de chacota facilmente."

    Eu há mais ou menos 1 mês e meio terminei com minha namorada de uns quase 9 anos e me vejo nessa situacao, não tenho amigos,não saio...

    Esse fim de semana fui em uma festa e por muito tempo venho trocando papo com uma mina do RH da minha empresa, ela vinha parecendo ser super receptiva e chegava em certas horas achar que ela tava super interessada em mim ,chegando até a trocar o dia que ia ao evento por minha causa e perguntando a mim no dia se não podia ir lá dar um "Oi" pra ela.
    Tive um tempo com ela sozinho porem,não consegui ir pra cima por causa da minha timidez... Depois encontrei ela com as amigas, aí tomei coragem e força o gesto de conversar com ela em outro lugar ela fez o gesto de que não ia... Me senti super perdido naquela situação ali... Só com os amigos dela, depois acabei ficando sem assunto e fui embora como um cão arrependido..kkkkk
    Mas agora ela fica enchendo o saco perguntando o que eu queria com ela naquela hora..


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 9 anos namorando é um casamento não oficial. Acho que você está só sem jeito, perdeu a prática de abordar, de falar e flertar com mulheres.

      Me parece que essa guria fez cu doce, tinha alguém melhor na hora, ou não queria ficar com você na frente dos amigos dela. De qualquer forma acho que tem chance e que você só está meio perdido e sem noção como seu nome diz kkkk

      Excluir
  5. Maximus Kek.

    Mas aprenda a não se humilhar pra muié.

    ResponderExcluir
  6. Ser lixo, eu gostaria de te perguntar uma coisa. Pode parecer meio besta, mas na sua opinião, tem como um homem beta virar um alfa ? Se sim, como ? E outra coisa, vc não responde e-mails ? Eu te mandei um no final de agosto, e se vc me respondesse, estaria agradecido. Eu acompanho o seu blog faz um tempinho e gostaria muito que vc voltasse a publicar as suas atualizações mensais (investimento, estudos, mulheres, no fap kkk, academia, vida social e afins). Abraços !!!

    Att.
    Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na teoria sim, se alfa para você é sobre o relacionamento entre mulheres.

      Fisicamente:
      1. Fique bem forte, mas não muito grande. Malhe.
      2. Cuide do cabelo e da pele, não tenha espinhas. Se tiver barba, tenha uma decente. Se for calvo, raspe.
      3. Cuide dos seus dentes e do seu sorriso. Não tenha bafo.
      4. Use boas roupas, que valorizem o seu shape/corpo.
      5. Faça as coisas bem lentamente.
      6. Tente não ser ansioso em nenhum caso.


      Psicologicamente (muitas são polemicas):
      1. Nunca seja o primeiro a dizer te amo.
      2. Deixe as mulheres sentirem ciumes.
      3. Sempre mantenha o controle emocional
      4. Tenha uma missão maior que conquistar mulheres.
      5. Se inspire em outros alfas, principalmente os canalhas.
      6. Quem dita as regras é você. Sempre seja dominante e poderoso.
      7. De sempre menos do que ela dá. A cada 3 coisas, você devolve uma ou 2. Se ela mandar 3 mensagens, você manda uma.
      8. Nunca peça desculpas. Só peça desculpar se for MUITO necessário. Reconheça a culpa apenas pelas maneira de olhar. Use eufemismos e evite usar as palavras perdão e sinto muito.
      9. Sempre erre por excesso de virilidade e nunca falta dela.
      10. Mulheres são emotivas e sentimentais, use isso ao seu favor e não esqueça o número 3.
      11. Sempre transe bem com as mulheres.
      12. Ignore a beleza das mulheres. Não coloque elas em pedestal.
      13. Seja misterioso e deixa elas com pulga atrás do orelha
      14. Seja MUITO autoconfiante.
      15. Diminua suas fraquezas. Maximize suas qualidades.
      16. Não peça conselhos para mulheres.
      17. Não tenha medo de perda-las
      18. Nunca leva as coisas para o pessoal. Não esqueça da número 3.

      abs

      Excluir
    2. Pô cara, muito obrigado por ter me respondido! Algumas coisas que vc citou eu já estou fazendo como, musculação, cabelo sempre cortado em dia, eu uso barba no estilo barba cerrada sempre aparada, usei aparelho durante muitos anos e já fiz um tratamento no passado contra espinhas (usei o Roacutan), tanto que hoje eu me considero um 6/10 (acredite, há fui um 3/10). Porém eu tenho muitos problemas como ansiedade, não tenho muito comtrole emocional ou confiança. Eu acredito nessa transição de beta para alfa, porém exige um esforço muito grande da nossa parte. É incrível como tem pessoas que têm tanta facilidade em conquistar mulheres mesmo não tendo tantos "atributos" de um alfa, por isso eu acho que tem gente que tem o dom pra isso. Enfim, meu objetivo é sempre progredir fisicamente e mentalmente para ter uma vida de sucesso.

      Abs meu amigo, tudo de bom pra vc

      Att.
      Carlos

      Excluir
  7. Que situação! Isso foi um sinal claro de rejeição. Certamente as amigas delas achavam que vc era uma completa carta descartavel e acharam patetica e ridicula a ideia de vc ter alguma chance com ela.
    Pior que as mulheres são seres bem seletivos, ainda mais em grupo. Foi justamente oque aconteceu com você...

    Mais a vida cobra, deu pra ver que ela esta completamente perdida na vida.

    Eu focaria nos estudos(concursos) e em uma academia pra melhorar a auto estima.

    ResponderExcluir
  8. Meu blog tem posts novos mas aí na sua bloglist não atualiza mais porque tá privado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser Lixo, não acredita nesse futuro farsa não, ele quer descobrir sua identidade real pra depois jogar na blogosfera...

      Esse futuro farsa é o maior descarado...


      Kraft

      Excluir
  9. Caracas. Parece o pobreta

    ResponderExcluir
  10. Passei por muitas humilhações e situações desagradáveis com mulheres, em função de não ser bonito de rosto/corpo. Não chego a ser horroroso, mas um tipo bem comum que não se destaca na multidão e não causa atração nas mulheres.

    Além disso, por ter tido uma infância problemática e com ausência paterna em casa, me transformei num indivíduo muito tímido, medroso, sem auto-confiança e habilidade social, sobretudo com mulheres.

    Enfim, a combinação do fracasso com as mulheres: não bonito (beta) e personalidade problemática!! Nem falarei de dinheiro, nem precisa.

    Betas, mesmo que tenham uma personalidade saudável, passarão sempre por humilhações, destratos e rejeições por parte das mulheres. É uma lei miserável da vida.

    Para os homens bonitos todos os benesses das mulheres....para os betas tudo de ruim que elas tem a oferecer.

    ResponderExcluir
  11. Ser lixo, seu blog é muito bom.Hoje levei um fora de uma gata que foi atenciosa cmg,mas no fundo só quis brincar com meu coração,com isso me senti um completo lixo até que me deparei com seu blog,me fez muito bem cara.Continue postando os seus lixos.
    Abraço do lixo sem namorada e sem emprego.

    ResponderExcluir
  12. Cara eu tenho um blog e lá eu conto o fracasso da minha vida amorosa... Teve um caso na minha vida onde eu me declarei pra uma "amiga" e foi a coisa mais imbecil que eu fiz. Primeiro que ela era Tj e nós não eramos tão proximos,converssavamos na sala de aula,mas não tinha quimica nem nada,eu apenas era um beta traumatizado que acabava de sair da depressao e nao tinha e nem tenho contato com mulher o que ao ter contato com ela me apaixonei e tipo ela eh uma mina boa,do tipo mulher de antigamenta,pra casar mesmo,sabe cozinhar,lava e tem uma mente pro casório (tipo tudo o queria kkkk) mas como ela eh Tj e eu não sou,nao podia nem tentar neh kkkk.Mas tipo fiquei cego e acreditei que existia amor em mulher e via isso nela (que ela ia me amar ) e cara tipo depois da escola com alguns meses ela viajou pra outro país e tipo ja era neh,mas o otario aki ainda acreditava que se declarasse pra ela,ela iria voltar a morar no Brasil kkkkkkk Aí com ums 2 meses que ela viajou fui lah eu me declarar falei tudo o que sentia e desde a primeira vez que vi ela,ela achou que eu tava bebado,nem acreditou e ficou rindo,aí eu falei que era sério e tal e ela ficou adimirada e disse que eu ia encontrar alguém que me merecesse(nessa hora eu chorei,confesso pensa numa dor que eu senti cara) aí tipo ficou nisso,e sofri por 2 meses nao comia direito e tava num sofrimento,aí eu me encorajei denovo e decidi fazer merda novamente,na ilusão do amor fui lah chamei ela denovo e falei que tava mal que nao parava de pensar nela e ela me deu um vaco de 12 horas e depois disse pra mim nao ficar assim,depois falei que me importava muito com ela e ela disse que era reciproca,depois disso nunca mais falei com ela e ela muito menos me chamou,então podemos ver ao ponto de que um homem chega por uma mulher,mas enfim pra mim hoje essa mina morreu,se nao quer saber de mim eu tambem nao quero saber dela,eu sofri muito com isso,me senti humilhado,derrotado, afetou drasticamente meu psicológico,nao comia direito,nao dormia e pra dizer a verdade ateh senti de raiva dela por isso,mas eh aquilo... pra mim morreu e se algum dia quizer contato eu não quero (mas ela nunca vai querer entrar em contato) e com isso aprendi a jamais se declarar pra mulher, e enfim continuo aí na merda,sem mulher,sem ter tirado o Bv,na esperança de encontrar uma mulher que se interesse em ficar com esse merda,e na luta contra ir atraz de puta pra satisfazer essa vontade tão grande que tenho de um dia ter o calor de uma mulher.

    ResponderExcluir